Como criar um blog

Aprenda como criar um blog e monetizá-lo hoje mesmo!

Saber como criar um blog e monetizá-lo é de extrema importância para qualquer pessoa que esteja desejando empreender e ganhar dinheiro via internet.

Você poderá criar o seu blog para um negócio que esteja desenvolvendo ou mesmo para sua própria marca pessoal, sendo uma forma de aumentar a visibilidade da sua marca dentro da internet.

Afiliado jivochat

Um blog é uma ferramenta incrível que permite às pessoas e empresas conectarem-se melhor com seu público, aumentar o alcance e assim gerar mais conversões, tornando-o uma ótima fonte de renda principal ou extra.

Pensando em ajudar você que está querendo começar um blog do zero para então monetizá-lo, resolvemos trazer esse artigo como um guia completo a respeito do assunto.

Quer saber tudo sobre?

Então não deixe de acompanhar esse texto até o final e veja cada um dos passos que precisa ser dado rumo ao sucesso!

Comece escolhendo qual será o assunto ou nicho do seu blog

O passo inicial para quem quer aprender a como criar um blog e monetizá-lo hoje mesmo é escolher qual será o assunto desse canal digital, ou o nicho de atuação dele.

Há pessoas que já possuem uma visão bastante clara e definida sobre qual assunto gostariam de falar, mas a maioria não faz a mínima ideia do que escolher.

A falta da escolha de qual será o nicho do seu blog acabará fazendo com que você fale sobre muitas coisas, a maioria sem nenhuma conexão, e acabe afastando possíveis clientes ao invés de atrair mais visitantes.

Quando você pensar sobre o que irá escrever, escolha sempre algo que realmente interessa e sobre o qual tem conhecimento.

Não adianta falar, por exemplo, sobre criptomoedas apenas porque está na moda se você não tem o mínimo interesse no assunto e não compreende nada sobre ele.

Ainda que você não seja realmente uma autoridade dentro daquele nicho quando iniciar seu trabalho, opte por algo que gosta e sobre o qual poderá se aprofundar e aprender mais sem entediar-se.

O melhor de tudo é que você pode falar sobre qualquer coisa, o que torna mais fácil encontrar um assunto que realmente lhe interessa:

  • Estilo de vida
  • Aquecimento global
  • Moda
  • Fitness
  • Viagens
  • Games
  • Relacionamentos
  • Ativismo
  • Música
  • Filmes ou séries
  • Economia
  • Trabalho social
  • Impactos ambientais
  • Humor/comédia
  • Esportes em geral
  • História
  • Celebridades
  • Animais/pets
  • Enfim, as opções são muitas

O que importa, inicialmente, é que você goste daquilo sobre o qual irá falar e tenha interesse em estar sempre aprendendo a respeito do tema.

Mais do que isso, fique atento também sobre como encontra-se esse nicho hoje na internet, ou seja, se há muitas pessoas falando a respeito dele e se há muitos interessados em saber tudo sobre o tema.

Além disso, tenha em mente que o assunto sobre o qual irá começar falando não precisa ser o mesmo para sempre, de repente, antes de alcançar o sucesso e a autoridade em seu nicho, você pode resolver mudar para outro.

O mais importante é que você crie conteúdos que ajudem a educar a sua audiência, que atraiam mais visitantes e que criem um público fiel que se interesse em comprar seus produtos ou serviços, quando começar a monetizar o blog.

Entenda tudo sobre domínio de blog e como escolher bem o seu

O próximo passo de como criar um blog e monetizá-lo é definir qual será o domínio do seu blog, algo que muitos não entendem e que é um passo muito decisivo, por isso necessita bastante atenção e conhecimento.

Um domínio de blog, ao contrário do que normalmente é descrito, como sendo a URL ou o endereço eletrônico do blog, na verdade é apenas uma parte pequena do endereço que tem o seu blog.

O domínio nada mais é do que uma marca, e como tal é essencial que você saiba como escolher a sua da melhor forma.

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que se torna necessário haver uma relação entre o domínio escolhido e o título do seu blog.

Se as pessoas buscam pelo site da Nike e o nome da marca Nike não está no domínio, então dificilmente esse site ficará no topo dos resultados das pesquisas.

Colocar o nome da sua marca no domínio ajuda porque os buscadores entendem que quando o usuário faz uma pesquisa usando aquelas palavras, o site ou blog mostrado é o que ele deseja.

Caso você escolha um domínio sem qualquer relação com o seu nome ou da sua marca, quando um usuário fizer uma pesquisa no Google, ele irá apresentar um outro resultado totalmente diferente do seu site ou blog.

Para ficar mais claro, a seguir vamos mostrar algumas dicas para você escolher seu domínio de blog da melhor forma!

O domínio e o título do seu blog devem ser bastante próximos

Para isso, você deve ter em mente o que já foi dito: o domínio do seu blog deve ter incluído nele o nome da sua marca.

Se a sua marca é o seu nome e você quer promovê-la, então é preciso que ela esteja inclusa em seu domínio, o mesmo vale para o nome da sua empresa.

Sem essa proximidade, você dificilmente vai conseguir um blog de sucesso e que lhe traga dinheiro de verdade.

O domínio do seu blog deve estar relacionado com a ideia central dele

Se o seu objetivo é vender suplementos alimentares, então é importante que seu domínio esteja alinhado com essa ideia central do seu blog e indique ao usuário o que ele irá encontrar ao clicar no link exibido.

De nada adianta o seu domínio ser “produtosdequalidade.com” ou “mensagensdeamor”, pois isso não tem qualquer relação com o que você trabalha em seu negócio.

Priorize o uso de uma boa keyword (palavra-chave) dentro do domínio do seu blog

A palavra-chave é essencial dentro de qualquer estratégia de marketing e por isso mesmo, se você quer que seu blog tenha sucesso, se faz essencial priorizar o uso de uma boa keyword em seu domínio.

Você sabe o que é uma palavra-chave?

Não?

Pois saiba que o conceito é bem simples!

A palavra-chave trata-se de um termo, de uma expressão ou uma frase que os usuários colocam no Google ou em qualquer outro mecanismo de buscas para realizar uma pesquisa.

Atualmente, à medida que a tecnologia e o conhecimento sobre marketing evoluíram, há ferramentas que já permitem a identificação das palavras-chave mais buscadas no seu nicho de mercado.

Assim, essa é uma estratégia essencial que você deve realizar para criar o domínio do seu blog, colocando um termo o qual tenha um excelente número de buscas pelos usuários.

Quanto mais ele for buscado e você o usar em seu domínio, mais seu blog aparecerá nos resultados de pesquisas do Google.

Opte por um domínio que seja livre para uso

Na hora de definir o seu domínio, é essencial que o mesmo esteja livre, ou seja, disponível para que você o utilize.

As palavras-chave com maior número de buscas, em geral, já são usadas em domínios que estão registrados e isso pode tornar difícil a sua escolha.

Entretanto, isso não quer dizer que você não conseguirá encontrar uma palavra-chave com muitas buscas para usar no domínio e registrá-lo.

Se a ideia de domínio que você tinha em mente já está registrada, então deixe-a para lá e busque uma outra opção disponível, que muitas vezes será até melhor para seu blog.

Definido qual será seu domínio, é chegado o momento de fazer a compra dele e saber quanto o mesmo custa!

Como fazer para comprar o seu domínio e quanto ele custa?

A compra do domínio deve ser um dos primeiros passos dados ao criar o seu blog porque ela precisa ser feita já em conjunto com a escolha do nome certo, evitando assim que ele seja usado por outra pessoa.

Não adiantará nada você pensar muito em um domínio, encontrar a opção perfeita e demorar a registrá-lo, apenas para descobrir que o mesmo foi colocado em uso antes de você comprar.

Para comprar o seu registro, o primeiro passo é acessar o site Registro.br (você pode escolher também o Register.com, ou outras opções ainda).

Depois de ter acesso ao site, clique em “Pesquise” e então registre o domínio que você deseja, inserindo-o e testando para saber se ele está ou não disponível.

Se estiver, irá aparecer uma mensagem de “Disponível para registro” e junto a ela o custo anual a ser pago por esse domínio (em R$).

Para quem preferir, é possível registrar o domínio por até 10 anos, pagando um valor maior no momento, mas que fica menor por cada ano pago.

Com a decisão tomada em relação ao seu domínio, o passo seguinte é informar o seu CPF, inserir as suas informações pessoais e por fim aceitar os termos do contrato.

Após estar tudo certo, você vai então ser direcionado para a parte de pagamento do domínio escolhido pelo prazo desejado.

Você encontra um domínio disponível pelo valor médio de R$ 50,00 a R$ 60,00 por ano.

Escolhendo a hospedagem para o seu blog

A terceira etapa de como criar um blog e monetizá-lo é escolher o serviço de hospedagem para ele. E o que é a hospedagem?

Bom, pense que o seu blog é um local com várias páginas, cada uma delas com vários arquivos, tais como artigos/textos, imagens, vídeos, entre outros que não são visíveis.

Esses arquivos precisam ficar em algum lugar dentro da internet para que os usuários possam acessá-los sempre que desejarem.

É nesse momento então que você vai hospedá-los e você deve escolher uma empresa que seja especializada nesse serviço, para assim armazenar seus arquivos com o máximo de segurança dentro de servidores disponíveis 24h.

Sempre que um visitante digitar o seu endereço para acessar o seu blog ou ainda clicar em um link que o leve para ele, o usuário estará entrando em uma área de hospedagem que é responsabilidade da empresa contratada.

Você paga para que essa empresa entregue para esse usuário o conteúdo que foi solicitado por ele para consumo.

Existem diversos tipos de hospedagem e a seguir nós iremos mostrar quais as principais!

Hospedagem Compartilhada

A hospedagem compartilhada é o tipo ideal para quem está lançando o primeiro blog, sendo ela um tipo de servidor físico o qual comporta diversos sites dentro dele, como uma casa compartilhada onde cada um tem o seu quarto.

Todos os recursos que estão disponíveis, tais como o espaço em disco, a memória RAM e a largura de banda são compartilhadas por todos os sites disponíveis naquele servidor.

Esse tipo de servidor costuma ser otimizado e é constantemente monitorado com o intuito de garantir que os sites dentro dele irão funcionar de maneira perfeita.

Algumas das vantagens de optar por esse servidor são:

  • Ele é mais fácil de usar
  • Ele é bem mais barato
  • O provedor é responsável pelo uptime e pelas atualizações do servidor
  • O suporte é 24h por dia, 7 dias por semana

Hospedagem Cloud

A hospedagem Cloud é um tipo de hospedagem que tem como objetivo atender a projetos e empresas maiores, fornecendo o enorme poder que possui um servidor virtual.

Ao mesmo tempo, esse tipo de servidor ainda mantém a mesma simplicidade que possui a hospedagem compartilhada.

A hospedagem tipo Cloud é uma plataforma bem mais sólida e mais confiável para que você possa começar o seu blog, já que vai ter muitos recursos para poder lidar com a quantidade de tráfego que chegar até ele.

Fora isso, os recursos desse servidor são todos dedicados ao seu blog, então você vai ter um espaço bem maior para desenvolver o seu projeto.

O melhor é que você poderá realizar o upgrade da hospedagem compartilhada para a hospedagem cloud a qualquer momento que desejar.

Algumas das vantagens de optar pela hospedagem cloud são:

  • Recursos totalmente dedicados
  • Endereço IP
  • Recurso do autoinstalador para instalar CMS facilmente através de somente um clique
  • Suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana

Hospedagem VPS

O último tipo principal é a hospedagem VPS, sigla para Virtual Private Server, cuja tradução é Servidor Privado Virtual.

Essa é considerada como uma ótima solução que traz uma maior liberdade e muito mais controle para você no seu servidor em relação às duas opções vistas anteriormente.

Apesar disso, no caso de você não ter o conhecimento da gestão de servidores, essa pode ser uma solução bastante complicada.

Para quem está começando um blog ou ainda se você conhece alguém que quer apenas um blog pessoal mais simples, essa não é a opção mais indicada.

Por outro lado, para você que quer realizar um projeto mais amplo, mais aprofundado e que tem muitas ideias em mente, esse servidor virtual dedicado é a melhor opção, pois traz a garantia de configurar o ambiente perfeito.

Algumas das vantagens de optar por esse tipo de hospedagem são:

  • Permite acesso ao root
  • IP totalmente dedicado
  • Muitas opções de soluções com bastante flexibilidade
  • Maior controle ao administrador

Usando a Hostgator

Quando falamos sobre empresas de serviço de hospedagem, não há como não citar a Hostgator, uma das mais famosas do mercado há alguns anos.

Essa empresa foi fundada no ano de 2002, então está completando duas décadas, e há 15 anos está presente no Brasil.

Já são mais de 100 mil clientes espalhados pelo Brasil usando a Hostgator em um dos seus serviços de hospedagem.

Para quem quer optar pela Hostgator, é possível escolher entre um dos 3 planos:

  • Plano P: com custo de R$ 11,99/mês
  • Plano M: com custo de R$ 17,99/mês
  • Plano Business: com custo de R$ 39,99/mês

E quais são as vantagens de escolher a Hostgator? Aqui vai uma lista com as principais:

  • Hospedagem em WordPress
  • Criador de sites
  • Certificado SSL
  • Maior estabilidade de conexão
  • Backups automatizados
  • Garantia de 45 dias, caso não goste do serviço
  • Monitoramento 24 horas por dia do desempenho
  • Migração gratuita dentro dos 30 primeiros dias de assinatura

Usando a Hostinger

A Hostinger é uma outra excelente opção em termos de empresa de serviço de hospedagem para grandes projetos.

Ela está presente em mais de 180 países e hoje conta com um número de mais de 30 milhões de clientes espalhados pelo mundo.

Algumas das vantagens de optar pela Hostinger para hospedar seu site são:

  • É rápido e tem um ótimo tempo de uptime
  • Painel de controle totalmente customizado e bem simples de usar
  • Hospedagem barata e muito boa
  • Hospedagem otimizada para WordPress
  • Garantia de reembolso de 30 dias

Os planos entre os quais você pode escolher são:

  • Hospedagem Single: custo de R$ 3,12 ao mês
  • Hospedagem Premium: custo de R$ 4,90 ao mês
  • Hospedagem Business: custo de R$ 9,09 ao mês

Escolhendo a plataforma de gerenciamento de conteúdo para seu Blog

O passo seguinte de como criar um blog e monetizá-lo é escolher a plataforma na qual você irá ter o trabalho de construir seu blog.

Para isso, é importante ter um sistema de gerenciamento de conteúdo, conhecido como CMS, em mãos, que irá lhe permitir:

  • Configurar seu blog mesmo sem conhecimento em códigos e programação
  • Publicar conteúdos novos de forma fácil
  • Focar em conteúdos bons e originais e não em questões técnicas
  • Encontrar o melhor design criativo para seu site

Usando WordPress como plataforma do seu blog

A recomendação principal de plataforma para blogs é a WordPress, considerada a CMS mais popular de todo o mundo.

Essa é uma ótima plataforma para você iniciar seu blog, visto que ela é bem fácil de configurar, de fazer a gestão e não há a necessidade de saber nada de codificação.

As vantagens de escolher WordPress como sua CMS são:

  • Muito fácil para quem é iniciante
  • Sempre está sendo atualizado
  • Contém muitas opções de temas e de plug-ins
  • É otimizado para SEO
  • É bem fácil de ser gerenciado

Usando o Zyro para criar seu blog

Além do WordPress, uma outra plataforma excelente para criar seu blog é o Zyro, também indicada para usuários sem qualquer conhecimento ou habilidades em design e programação.

Ela conta com a possibilidade de se usar a funcionalidade de arrastar e soltar, o que torna muito fácil qualquer usuário criar seu site.

O Zyro conta com 4 planos, que são: Básico, Premium, eCommerce Basic e o eCommerce +.

As funções de criador de sites, criador de logos, inteligência artificial, registrar domínios e criador de lojas virtuais são algumas das suas vantagens.

Criando um blog no WordPress

Para criar um blog com o WordPress, a primeira coisa a ser feita é instalar ele e se você escolheu o Hostgator ou a Hostinger como hospedagem, terá a opção do autoinstalador, sem precisar fazer nada.

Para poder tornar fácil a gestão do seu blog, você terá à sua disposição o painel de administrador, um painel intuitivo que pode ser acessado digitando o nome do seu domínio/wp-admin no navegador.

Você terá a opção de contar com vários temas para criar a melhor aparência para seu blog, existindo muitos temas totalmente livres e escolhendo um visual mais estiloso para ele, de acordo com seus objetivos.

Um outro ponto importante do WordPress na criação do seu blog é o uso dos plug-ins, ferramentas de extensões que ajudam a ampliar a funcionalidade que tem seu blog.

Os plug-ins e as suas funcionalidades variam entre as mais diversas possíveis, como é o caso dos seguintes:

  • O Yoast SEO é um plug-in que permite a você deixar seus posts otimizados usando as principais técnicas de SEO
  • O Jetpack é um plug-in que oferece a possibilidade de vários recursos que melhoram o desempenho, a segurança, a verificação de estatísticas e muito mais
  • Akismet Anti-Spam, um plug-in que mantém toda a sua seção de comentários completamente livre de qualquer spam

A partir do uso dessas ferramentas e começando a usar a seção “Páginas” e “Posts” para criar conteúdos e compartilhá-los em seu blog, você vai começar a ter seus primeiros resultados.

Fazer uma campanha de pré-lançamento e publicar conteúdos no Blog ajuda a impulsionar suas páginas

Uma ideia para você que deseja alcançar o sucesso em como criar um blog e monetizá-lo é realizar uma campanha de pré-lançamento.

Essa campanha demonstra que o seu blog está bem planejado e as chances de sucesso são muito maiores assim.

É muito importante que você saiba qual tipo de conteúdo que deseja publicar e fazer o cronograma de publicações para realizar postagens com maior qualidade.

Para que você possa desenvolver bem a sua estratégia de conteúdo que seja bem-sucedida, há algumas dicas importantes:

  • Especifique quais são seus objetivos: nunca defina metas que sejam abstratas, pois é mais difícil que consiga acompanhar dessa maneira o progresso do blog. Defina objetivos que sejam concretos, como ter mil visitas mensais nos próximos 12 meses
  • Entenda o que seus concorrentes fazem: analisar as publicações feitas pelos seus concorrentes e saber o que eles estão fazendo vai ajudar muito você a saber onde é possível investir seus esforços e no que melhorar para destacar-se em seu nicho
  • Agende as suas publicações: o agendamento é uma das chaves mais importantes para o sucesso do seu blog. Você deve manter um cronograma com publicações de maneira regular, ao invés de apenas publicar muito de uma vez e depois desaparecer por muito tempo
  • Coloque no papel os tópicos sobre os quais pretende escrever: colocar no papel os principais tópicos ajudará você a escolher aqueles que mais chamam a atenção do seu público e que irão atrair mais visitantes, ao invés de publicar qualquer coisa de última hora

Como fazer publicações no seu blog?

Após ter definido bem o processo de pré-lançamento do seu blog, comece a pensar sobre o que você irá escrever e para garantir melhores resultados, veja o que cada novo post em seu blog deve possuir.

  • Procure usar uma linguagem que seja de fácil entendimento ao seu público, escreva frases curtas e parágrafos menores, evitando longos blocos de textos, lembrando de manter concisão entre eles
  • Faça uso dos títulos, subtítulos e das listas para separar o conteúdo do seu texto por partes e ajudar os leitores a encontrarem mais rapidamente as informações que desejam
  • Coloque imagens e gráficos em seus conteúdos, o que ajudará a fazer com que eles fiquem mais atrativos, além de ajudar no entendimento do conteúdo, como no caso de tutoriais
  • Faça a aplicação das práticas de SEO para garantir que seu conteúdo estará otimizado para o Google e outros buscadores. O Yoast SEO é um plug-in que ajuda a incorporar seu blog durante o processo de escrita e de publicação, melhorando muito a visibilidade do seu blog dentro dos motores de buscas

Criando seu primeiro post no blog

Para fazer a criação do seu primeiro post no blog, entre no painel do WordPress, clique em Post e então em Adicionar novo.

Você será direcionado para a tela do seu editor de textos WordPress, a ferramenta necessária para escrever e fazer a formatação do seu conteúdo.

Esse editor irá permitir que você faça a adição e a edição de blocos ou de seções de conteúdos diversos, como textos em formatos variados, mídias como imagens e vídeos, elementos de designs, elementos incorporados, etc.

Caso queira, você pode incluir um template especificamente projetado de forma prévia em seu novo post, o que fará uma enorme diferença perante o seu público.

Quando tiver concluído a escrita, formatado o post e adicionado os conteúdos, faça uma revisão geral e depois configure aquela publicação antes de postar.

Usando a barra lateral de configurações, você poderá escolher se deseja habilitar os comentários, adicionar as tags, definir as categorias da sua postagem, entre outros.

Antes de realizar a publicação, faça uma visualização da prévia do post para saber se ele irá sair exatamente como você deseja e, caso a resposta seja positiva, publique o conteúdo.

Otimizando o seu blog usando práticas de SEO

O SEO, sigla para Search Engine Optimization, trata-se de um conjunto de técnicas que são utilizadas com o intuito de melhorar bastante o ranqueamento do seu site dentro dos buscadores da internet.

Você deve fazer com que seu site fique bem ranqueado dentro das páginas de resultados das pesquisas, visto que mais de 50% do tráfego de blogs e sites vem das buscas orgânicas.

Quando você possui publicações e páginas que estão bem ranqueadas, as chances de conquistar um fluxo de tráfego orgânico de maneira constante, sem pagar por anúncios, são bem maiores.

Veja aqui algumas dicas para aplicar o SEO com maior eficácia em seu blog:

  • Faça pesquisas de palavras-chave, o que ajudará a aumentar bem as chances de um bom ranqueamento do seu site nos mecanismos de buscas.

A dica é que você opte pelas palavras-chave de cauda longa que sejam bem específicas e que tenham baixa competição.

O SEMRush e o Google Trends são ferramentas que ajudam nesse processo.

  • Faça seu cadastro no Google Search Console, pois essa ferramenta é bastante essencial para você poder acompanhar o desempenho do seu site dentro do Google.

Ela irá permitir que você saiba quais são as palavras-chave que trazem mais tráfego e os sites que linkam melhor para o seu

  • Instale o Yoast SEO ou outro plug-in de SEO para poder saber se seus conteúdos estão otimizados antes de publicá-los
  • Aplique as práticas mais indicadas de SEO On-Page, como a otimização de imagens, a troca de links, a mudança de slugs de permalinks e a adição de meta descrições nas suas publicações
  • Busque aumentar o desempenho do seu site, como aumentar a velocidade de carregamento da página, o que afeta de forma positiva o SEO e a otimização do seu blog, para ele ficar melhor ranqueado

Use as redes sociais e os fóruns para construir sua audiência

O próximo passo de como criar um blog e monetizá-lo hoje mesmo é construir o seu público, o que poderá ser feito com uso das redes sociais e mesmo dos fóruns do seu nicho.

Essa é uma forma de conseguir encontrar melhor o seu público e de conseguir conectar-se com ele, para isso é importante buscar as comunidades onde as pessoas mais interessadas no seu nicho encontram-se.

Com isso, você deve então direcioná-las para o seu blog, o que vai aumentar o seu tráfego, importante para o crescimento dele.

Você deve pensar bem em qual será sua estratégia para as redes sociais, garantindo melhores resultados, pois esse é um ambiente muito competitivo e não pode ser usado de qualquer forma.

Incorpore as suas redes sociais dentro do seu blog, para que aqueles visitantes que gostarem do seu conteúdo tenham a oportunidade de seguir seus perfis nas mídias sociais e fazer o compartilhamento das suas publicações.

O passo seguinte é escolher quais são as redes sociais onde você desejará promover o seu blog, visto que cada plataforma possui suas características e não é em todas elas que você vai ter sucesso.

Procure conhecer bem sobre o seu público para entender em quais redes sociais eles estão mais presentes!

As redes sociais e fóruns: Entenda em quais delas divulgar seu blog

Existem muitas redes sociais hoje em dia e conhecer mais sobre elas ajudará você a definir quais usar e em quais não criar seus perfis:

Facebook: ainda é a maior rede social de todo o planeta com quase 3 bilhões de usuários ativos todos os meses.

A base de usuários principal é composta por homens de 25 a 34 anos, e os usuários costumam usar essa rede social pelos dispositivos móveis, então ter um blog otimizado para mobile é essencial

Reddit: é uma enorme plataforma social que agrega notícias e fóruns de discussões, com mais de 400 milhões de usuários que estão ativos.

Os adultos de 25 a 29 anos são os mais comuns usuários nessa mídia social. Você pode encontrar mais de 100 mil comunidades hoje ativas, voltadas para quase todos os nichos existentes

Twitter: essa rede social tem mais de 215 milhões de usuários ativos mensalmente, sendo a maior parte deles homens, e quase 60% dos seus usuários se informam sobre notícias através da plataforma.

Ela é conhecida por oferecer atualizações bem rápidas e sempre em tempo real sobre qualquer tópico

Pinterest: é uma rede social muito popular para compartilhamento de imagens, com mais de 470 milhões de usuários ativos mensalmente, sendo o público feminino seu foco principal.

Se seu blog tem as mulheres como público principal, em especial as americanas, então vale a pena optar por essa plataforma.

Instagram: é uma rede social cada vez mais popular, sendo gigante para compartilhamento de fotos e vídeos e já são mais de 1 bilhão de usuários ativos mensalmente.

Existe um enorme equilíbrio em termos de gênero que usa essa rede social, com os adultos de 25 a 34 anos dominando a plataforma.

Para quem trabalha com conteúdos que são muito atrativos visualmente no blog, então o Instagram pode ser uma ótima opção

TikTok: é a mais nova rede social e a que cresceu com maior velocidade também, tendo como foco o compartilhamento de vídeos.

A chamada Geração Z é quem domina essa plataforma, então caso seu blog tenha como foco os jovens adultos e adolescentes, em especial, com vídeos curtos e altamente criativos, essa é uma ótima opção

Monetizando o seu Blog e ganhando dinheiro

Após ver como criar um blog e monetizá-lo, é hora de saber mais a respeito de como fazer para poder monetizá-lo.

Quando seu projeto do blog finalmente decolar, então é hora de saber como ganhar dinheiro através dele.

O melhor de tudo é que existem várias opções para isso, de modo que você poderá escolher aquela que mais se encaixa em seus objetivos e no perfil do seu blog.

Veja a seguir quais são as principais e melhores:

Marketing de afiliados: quando você torna-se um afiliado de marcas, então pode ganhar dinheiro por meio da indicação dos produtos, usando para isso os links de afiliados.

Sempre que um visitante clicar em seu link de afiliado e fizer uma compra, você receberá uma comissão que pode variar de 5% até 80% do valor do produto

Recomendamos a leitura do artigo: Marketing de afiliados: como funciona o mercado?

Propagandas pagas: quem trabalha com blogs pode incluir dentro dele espaços contendo propagandas, assinando uma rede de propagandas específicas.

A rede de anúncios como aquela do próprio Google Adsense ajuda você a encontrar marcas que sejam relevantes para seu público de uma forma mais rápida para começar a monetização em seu blog.

Posts patrocinados: as publicações patrocinadas ou posts patrocinados são ótimas opções para monetizar o seu blog.

Existem marcas que podem entrar em contato com você e pagar para que se escreva sobre os produtos que elas possuem.

Garanta antes, entretanto, que seu blog tenha uma quantidade bastante considerável de leitores e de tráfego

Venda produtos físicos e digitais: você pode criar um e-commerce associado ao seu blog para vender tanto produtos físicos quanto digitais que tenham relação direta com seu conteúdo.

É o caso da venda de e-book e de cursos online que ajudam a tratar a dor que o seu público possui, aprofundando os assuntos trabalhados em seu blog.

Você ainda poderá vender produtos físicos que sejam licenciados, aumentando sua monetização.

Vendendo assinaturas: a criação de conteúdos exclusivos aos quais seus visitantes poderão ter acesso ao assinar uma área exclusiva para membros, à parte daqueles conteúdos publicados para todos, vai ajudar você a monetizar bastante.

Mantenha sempre o valor cobrado pela assinatura para oferecer de maneira regular um conteúdo original e de alta qualidade para o seu público pagante

Conclusão

Como você viu, aprender a como criar um blog e monetizá-lo é essencial para quem deseja obter sucesso com essa ferramenta, então nós resolvemos trazer os passos mais importantes para alcançar bons resultados.

Neste texto, você conheceu mais sobre como funciona um blog, como realizar a criação do seu e os passos para começar a desenvolver o seu, levá-lo ao crescimento desejado e assim poder monetizar com ele.

Com as dicas vistas aqui, ficará bem mais fácil que você consiga alcançar o esperado sucesso com um blog que fale exatamente sobre aquilo com o qual deseja trabalhar em seu dia a dia produzindo conteúdos.

Gostou do artigo de hoje sobre aprenda como criar um blog e monetizá-lo hoje mesmo?

Systeme.io

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.