Nome negativado ou sujo

Como Evitar o Nome Negativado: dicas de Educação Financeira

Todo mundo tem medo de ficar com o nome negativado. Mas afinal, o que é isso? Como saber se meu nome está sujo? Quanto tempo demora para o nome ser negativado? E as consequências de ter o nome negativado? Será que é tão ruim quanto todo mundo diz?

Neste post, vamos falar sobre educação financeira e mostrar algumas dicas para você evitar ter o seu nome negativado!

Afiliado jivochat

Entenda o que é estar com o nome negativado

A crise levou muitas famílias à dívidas, desemprego e, consequentemente, o nome sujo. O que muita gente não sabe é que estar com o CPF negativado impede você de fazer diversas coisas, desde pegar um empréstimo até mesmo abrir uma conta no banco.

O nome de uma pessoa é registrada no SPC ou SERASA quando não paga uma dívida, seja de cartão de crédito, telefone ou até mesmo um boleto bancário. A inadimplência pode levar à inscrição do CPF em cadastros de inadimplentes.

Ter o “nome sujo,” quer dizer essencialmente que você possui uma dívida em atraso e seu nome está com restrições em um dos órgãos de assistência ao crédito. No Brasil é possível ficar negativado no SPC, Serasa e no CCF.

O que significa estar negativado?

De modo geral, ao obter esta advertência no CPF o consumidor termina tendo menos alternativas de crédito no mercado, o que interfere na solicitação de empréstimos, financiamentos ou pedido de cartões de crédito.

Todas as instituições financeiras fazem uma busca no SPC e no Serasa para confirmar se o cliente é de bom pagador, pois quanto mais restrições tiver um CPF, maior é o risco que a empresa corre ao liberar o crédito.

Além disso, ao ter o CPF negativado você ainda pode sofrer com:

  • Aumento da taxa de juros;
  • Baixa pontuação no Score de Crédito;
  • Cancelamento do cartão de crédito;
  • Impossibilidade de fazer empréstimos consignados.

Como saber se estou com o nome negativado?

É muito fácil verificar se você está com o nome negativado. Para isso, basta acessar o site do Serasa e fazer uma consulta gratuita. Outra opção é ligar para a central de atendimento do SPC e SERASA e solicitar uma listagem das suas dívidas em atraso.

Aliás, lembramos de que há possibilidade que um cliente encontre-se negativado em uma destas empresas, porém possua o “nome limpo” em outra. Por esta razão, se você possui alguma dúvida em relação à condição de seu CPF, analise e examine em todos os órgãos.

Como consultar minha situação do meu CPF no SERASA?

Para consultar a sua situação no SERASA, basta acessar o site , clicar em “Consultar CPF” e seguir os passos indicados. No final da página, será gerado um documento com as informações da sua situação.

Como consultar minha situação do meu CPF no SPC?

Para consultar a sua situação no SPC, basta ligar para a central de atendimento e solicitar uma listagem das suas dívidas em atraso ou consultar CPF no site do SPC Brasil.

Como limpar meu nome?

Após você identificar as dívidas que te deixaram com o nome sujo, é hora de negociar os débitos para quitar a pendência e, assim, retirar o seu CPF dos órgãos de restrição.

Quando você efetuar o pagamento , peça ao credor que envie uma carta para o SPC ou Serasa confirmando o pagamento e solicitando a retirada do seu CPF dos cadastros. Os órgãos tem 5 dias úteis para fazer a alteração.

E caso você esteja inadimplente há muito tempo, você pode negociar o parcelamento da dívida em até 60 vezes. Além disso, é importante que você esteja em dia com o pagamento dos seus outros compromissos para evitar novas inscrições do CPF nos cadastros de inadimplentes.

O caminho para limpar seu nome é:

  1. Descubra em quais estabelecimentos seu nome está inscrito. O SPC, o Serasa e os cartórios de declaração podem fornecer esses dados;
  2. Analise sua situação financeira e estabeleça um plano de pagamento;
  3. Negocie com os credores a forma de quitação da dívida;
  4. Pague as dívidas em atraso;
  5. Peça ao credor que envie uma carta para o SPC ou Serasa solicitando a retirada do seu CPF dos cadastros;
  6. Verifique se houve a alteração nos órgãos de restrição após o pagamento das dívidas.

Conserve o comprovante do pagamento da dívida e verifique se o valor está correto, analisando inclusive se contém os juros e multas previamente acertados.

Também faça o mesmo com seu nome no cartório limpe-o, caso estiver sujo por motivo de cheque devolvido ou títulos protestados. Geralmente é preciso pagar uma tarifa. Depois, analise se seu nome já foi retirado das listas de maus pagadores.

Outra opção é você mesmo solicitar a retirada do seu CPF pelos sites das empresas, basta seguir os passos da página inicial. No entanto, este processo costuma demorar mais.

Quanto tarda para que o nome fique negativado?

O tempo que leva para o nome ficar sujo depende da inadimplência do consumidor. Se você deixou de pagar uma dívida, por exemplo, a empresa tem o direito de enviar seu CPF para os cadastros de inadimplentes em até cinco dias úteis.

Em outras palavras, se você atrasar um boleto por apenas um dia, a empresa poderá enviar seu CPF para o SPC Brasil ou Serasa. Por isso, é tão importante manter os compromissos em dia.

Após registro nesses órgãos, você já poderá receber aquela amarga cartinha, informando que você tem 10 dias para quitar a dívida, caso contrário seu nome permanecerá negativado.

Consequências de ter o nome sujo

As principais consequências de ter o nome sujo são: dificuldades para conseguir empréstimos, aumento de juros em operações de crédito, impossibilidade de utilizar cheques, impedimento de fazer crediário em lojas, impossibilidade de alugar uma casa ou carro, impossibilidade de abrir conta bancária, entre outros prejuízos.

Além disso, ter o nome sujo também prejudica o seu relacionamento com os estabelecimentos, afinal, você não poderá mais comprar a prazo em lojas e supermercados.

  1. Acesso limitado ao crédito

Uma das maiores consequência de encontrar-se negativo é a restrição para aquisição de crédito. Falando de outra maneira, você não conseguirá tão facilmente empréstimos ou financiamentos (de imóvel ou veículo).

Pois bem, se você já tem um relacionamento com uma instituição financeira, certamente poderá ter dificuldades para tomar empréstimos. Mesmo que você possa encontrar ofertas de crédito.

Evidentemente, existem opções de empréstimos para negativados, mas isso não é uma regra normal, ou seja, a qualquer momento essas empresas podem deixar de oferecer tal serviço.

Portanto, cuide bem do seu CPF, pois uma simples inadimplência pode trazer muitos problemas para você.

2. Problemas para abrir uma conta corrente

No Brasil, percebeu-se que existem inúmeras pessoas que não tem acesso aos serviços bancários. Isso fica ainda mais complicado para aquelas que têm o nome sujo.

Apesar de algumas instituições financeiras permitirem a abertura de conta corrente com CPF negativado, é importante saber que elas costumam exigir um depósito inicial maior.

3. Cartão de crédito denegado

Ao receber o pedido, o banco avalia seu histórico e define se você esta apto ou não para possuir um cartão liberado. Na maior parte dos casos, os cartões não são admitidos para pessoas negativadas.

Além do mais, outro problema é o limite de crédito. Geralmente, aqueles que possuem o CPF sujo tem o limite bem abaixo daqueles que não estão em cadastros de inadimplentes.

Educação Financeira para não ficar com o nome Sujo

O que fazer para não ficar com o nome sujo? A resposta é: educação financeira. Como? Aprendendo a administrar o seu dinheiro, analisando as suas despesas e aprendendo a fazer um bom planejamento financeiro.

  • Seja organizado e mantenha o controle das suas contas

Uma ideia extraordinária é ter suas contas por data de vencimento e escrever notas no calendário, computador ou celular. Isso evita perder algum prazo e terminar pagando juros.

Outra alternativa é colocar as contas no débito automático. Dessa maneira, você determina que as contas de água e energia elétrica, por exemplo, sejam debitadas da sua conta de maneira programada, evitando o esquecimento.

Se você possui boletos de longo prazo ou paga seu aluguel por transferência bancária, da mesma forma pode agendar esses pagamentos.

Crie o hábito de economizar

Não espere até o final do mês para ver quanto você poderá guardar. Comece a fazer isso agora! Para tal, basta separar uma parte da sua renda e colocar em uma poupança ou investimento.

Existem diversas formas de economizar, basta criar o hábito.

  • Planeje suas compras

Nunca compre por impulso, pois isso só irá te levar à dívidas. Se você quer algo, espere um pouco e analise se realmente precisa ou não do produto/serviço.

Se possível, faça uma lista de compras e, se for comprar pela internet, pesquise os preços em diferentes sites para encontrar a melhor opção.

  • Elimine as dívidas

Se você já tem alguma dívida, o ideal é começar a pagar o mais rápido possível. Seja qual for o valor, é importante fazer o pagamento em dia para evitar juros e multas.

Seja inteligente, não pague nada com juros e multas, pois isso só irá te prejudicar ainda mais.

Pague as dívidas com juros altos primeiro e depois as de menor valor. Dessa forma, você evita que seus problemas financeiros aumentem cada vez mais.

  • Troque sua dívida por uma mais barata

Outra coisa inteligente a se fazer é trocar sua dívida por uma de menor valor.

Compras impulsivas podem levar à dívidas.

A melhor forma de não ter o nome negativado é sendo educado financeiramente, isto é, planejando as suas compras, criando o hábito de economizar e eliminando as dívidas.

  • Controle o cartão de crédito

O cartão de crédito é uma das principais causas da inadimplência. Por isso, é importante ter controle sobre o seu uso.

Não utilize o cartão para comprar coisas que você não pode pagar no momento. Não compre comida ou roupas desnecessárias com o cartão de crédito, pois isso só irá te levar à dívidas.

Apenas utilize o cartão para comprar coisas que você realmente precisa e sempre pague a fatura em dia. Dessa forma, você evita que o seu nome seja negativado.

Conclusão

Educação financeira é a chave para não ficar com o nome sujo.

Ser educado financeiramente significa ter controle das suas contas, criar o hábito de economizar e eliminar as dívidas.

Com essas dicas, você poderá ter o controle da sua vida financeira e evitar o nome negativado.

Quer fazer uma renda extra?

Veja como trabalhar como afiliado das melhores empresas do ramo.

Até a próxima!

Systeme.io

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.