Mercado livre como afiliado

Como ser um afiliado de sucesso no Mercado Livre?

Se você conhece o Mercado Livre sabe como ele é eficiente e suas entregas são rápidas e confiáveis. Que tal ganhar dinheiro sendo um afiliado do Mercado Livre?

Vamos descobrir se é possível ser um afiliado no Mercado Livre e o que fazer para começar a ganhar dinheiro na maior plataforma de vendas da América do Sul!

Afiliado jivochat

Sumário

O que é ser um afiliado?

Para você que conhece o Mercado Livre e quer ganhar dinheiro usando a plataforma na condição de afiliado, saiba que isso é posssível e, vamos ensinar o passo a passo para iniciar o seu negócio.

Mas antes de tudo, vamos entender o que significa ser um afiliado?

Afiliado é quando você se propõe a vender ou revender produtos de uma outra marca ou empresa e vai receber comissões pelas suas vendas.

Você será um representante de tais produtos, além disso existe a possibilidade de revenda de produtos físicos ou digitais (chamados de infoprodutos).

NeuroMarketing

O afiliado tem muitas vantagens como a de ser o próprio “chefe” já que a gerência das vendas é feita por você mesmo.

Outra vantagem enorme é que as vendas pela internet estão cada vez mais em alta e deve ser a tendência do mercado para o futuro.

Se você quer entender como funciona o mercado de afiliados, recomendamos que leia os seguintes artigos:

Conhecendo melhor o Mercado Livre

O Mercado Livre é uma empresa que criou uma plataforma para vendas (marketplace) de produtos. No marketplace é possível encontrar uma variedade de produtos.

A empresa foi criada por Marcos Galperin, em 1999 e está sediada em Buenos Aires, capital da Argentina.

Hoje o Mercado Livre lidera o comércio de vendas e entregas na América Latina, como também está presente em outros 18 países.

O marketplace do Mercado Livre reúne mais 60 milhões de produtos e liga vendedores e compradores num eficiente sistema que permite até o rastreio da entrega do produto.

Por fim o Mercado Livre é o site de e-commerce (comércio digital) mais acessado no Brasil, deixando para trás outros como a Amazon e a Magazine Luiza.

Como me tornar um afiliado no Mercado Livre?

Agora que você já sabe o que é ser um afiliado, vamos descobrir como trabalhar promovendo os produtos expostos no Marketplace do Mercado Livre.

Até 2006, o Mercado Livre possuía um programa direto de afiliados com bonificação para indicação e comissão quando as vendas fossem concretizadas.

Entretanto, atualmente, este programa não existe mais e quando acessamos o site do Mercado Livre e clicamos em Afiliados, somos direcionados de volta para a página principal.

Tenha calma! Ainda assim, você pode se tornar um afiliado indireto. Para isto é preciso entender bem como funciona o Mercado Livre e sua plataforma.

A grande dificuldade

As dificuldades do Mercado Livre em manter o extinto programa de afiliados para produtos foram:

  • Permitir que o afiliado vendesse um produto e não se responsabilizasse pela entrega;
  • Concorrer com outras plataformas que já possuem fortes programas de afiliados como Hotmart e Monetizze.
Vamos entender melhor a dificuldade

Imagine que ainda fosse permitido a você, enquanto afiliado, pôr na plataforma do Mercado Livre um link de um produto seu.

Quem comprasse o seu produto, clicando no link que você dispôs, estaria comprando de você, mas recebendo pelo Mercado Livre.

E é aqui que mora o problema: quem seria o responsável pelos atrasos, desvios e extravios nas mercadorias vendidas pelos afiliados?

Se você respondeu Mercado Livre, acertou.

Preferindo tomar outra postura perante este problema, o Mercado Livre terminou com o programa de afiliados diretos em sua plataforma.

Como então ser um afiliado no Mercado Livre?

Antes de dizer algumas alternativas para ser tornar um afiliado no Marketplace do Mercado Livre, lembre-se de que TODOS os produtos lá expostos são produtos físicos.

A plataforma do Mercado Livre comercializa de roupas a móveis, de ferramentas a perfumes, de gaiolas a materiais de construção; enfim: são muitos produtos de diversos ramos.

Portanto: se você fabrica ou revende algum produto físico, a plataforma do Mercado Livre é o lugar ideal para fazer muitas vendas.

Agora se você pretende vender ou revender infoprodutos, precisará tomar certos cuidados e fazer caminhos indiretos para conseguir concretizar suas vendas.

Vamos descobrir estes dois caminhos: afiliado de produto físico e afiliado de infoproduto, porém, antes de tudo, é preciso abrir uma conta no site do Mercado Livre.

Abrindo a sua conta no Mercado Livre

Para abrir a sua conta no Mercado Livre você precisará de seguir os seguintes passos:

  • acessar o site do Mercado Livre;
  • clicar na aba acima e à direita: “Crie Conta”;
  • escolher se conta será para pessoa física ou jurídica.
  • se escolher conta para pessoa física, deverá fornecer dados do seu nome e e-mail;
  • se escolher conta para pessoa jurídica, deverá fornecer dados do CNPJ, Razão Social e e-mail.
  • criar senha e fazer o login em seguida.

Ao abrir uma conta na plataforma do Mercado Livre você poderá realizar suas vendas em todo o território do país em que estiver residindo.

Não há taxas para anunciar os produtos e você pode também possibilitar diversas maneiras de seu cliente pagar pelas compras.

Tem ainda o fato de que o Marketplace do Mercado Livre funcionará como se fosse a sua loja e estará aberta para compras 24 horas por dia, durante todos os 7 dias da semana.

Ser um afiliado de produto físico

Depois de entender melhor como funciona o Marketplace do Mercado Livre e quais as vantagens de abrir uma conta, está na hora de cadastrar o seu produto para vender.

Acesse o site do Mercado Livre, clique na aba acima à direita: “Vender” e escolha o que vai anunciar; isto é, se vai vender produtos, veículos, imóveis ou serviços.

Na maioria esta escolha recai sobre a classe dos produtos e, se também for o seu caso, você precisa se atentar para:

  • criar um título bem específico com produto, marca e modelo;
  • preencher as informações do seu produto tais como fotos, variações e estoque disponível;
  • informar o preço pedido pelo produto;
  • escolher o tipo de anúncio: Clássico, Premium ou Grátis. Em todos você só pagará uma taxa quando seu cliente efetivar a compra.
  • determinar as formas de envio, pois existe a entrega e também possiblidade do cliente fazer a retirada;
  • informar se o produto possui garantia e se vai acompanhado de Nota Fiscal.

É sempre bom lembrarmos de outros cuidados que todo afiliado deve tomar como o de vender produtos originais.

Expor de maneira clara, sem adulterar ou ocultar, a marca do produto, e se não tiver, informar no lugar da marca que ele é “genérico”.

Além disto, devemos cuidar para ler com atenção os termos e regulamentos do Mercado Livre para não correr o risco de infringir uma norma e ser penalizado.

Uma prática que é possível para o afiliado de produto físico é a de comprar muitos itens de um mesmo produto e revendê-los a um preço mais barato que o da concorrência.

Porém é bom fazer as contas das entregas e dos anúncios, pôr na balança e ver se vai valer a pena esta manobra toda.

Por último o site do Mercado Livre possibilita a você afiliado, quando precisar, o recurso de pausar seus anúncios.

Por exemplo: no caso de se desejar “tirar umas férias” ou alguma outra situação imprevista, você pode pausar seus anúncios.

Este recurso protege a você no caso de o cliente realizar a compra e reclamar da demora de entrega, caso não tivesse o produto disponível.

Ser um afiliado de infoproduto

Mas vamos supor que você queira vender um produto digital (infoproduto) como, por exemplo, um e-book contendo um curso sobre maquiagem que tenha criado.

Somente colocar um link deste seu infoproduto, o seu e-book, na plataforma do Mercado Livre para possíveis clientes clicarem nele e comprarem, não será possível.

Portanto há uma alternativa, mas, antes disto, uma leitura atenta dos Termos e Condições de Uso para evitar uma suspensão de conta, por exemplo.

A orientação do Mercado Livre é de que podem ser disponibilizados links de plataformas terceiras na descrição dos produtos.

Entretanto, o Mercado Livre se ausenta de todo e qualquer vínculo entre o cliente e a plataforma de onde efetivamente saiu o produto.

E este cuidado vale para o afiliado também, pois se vários clientes reclamarem de que a entrega de seus produtos está atrasando, isto será ruim para o ranqueamento do afiliado na plataforma.

A alternativa de vender um infoproduto no Mercado Livre é esta: comprar vários itens do produto e pôr links destes nas descrições de outros produtos.

Desta maneira, quando um cliente estiver lendo a descrição do produto, ele será incentivado a clicar no link e ser direcionado à outra plataforma, onde ali sim, poderá efetivar a compra.

Revender infoprodutos

Uma variação desta alternativa é comprar vários infoprodutos e depois revender todos eles, por um preço menor, na plataforma do Mercado Livre.

Um aviso importante: estas práticas podem ser tidas como incorretas se houver uma atualização dos Termos e Condições de Uso.

Então é sempre bom dar uma lida neste importante documento para saber se estas práticas ainda são permitidas.

As vendas pela internet são também regulamentadas pelo Código de Defesa do Consumidor e acompanhadas pelo Reclame Aqui, por exemplo.

Agora que você já sabe tudo sobre como ser um afiliado do Mercado Livre, aproveite todos os recursos desta plataforma e faça muitas vendas.

Lembre-se também de continuar lendo nossos posts para descobrir outras maneiras de ganhar dinheiro vendendo pela internet.

Systeme.io

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.