Consultar Pis pelo CPF

Consultar PIS pelo CPF: Saiba como

O abono salarial do PIS/PASEP é um direito garantido por lei aos trabalhadores que recebem até dois salários mínimos por mês.

Esse benefício pode ser consultado pelo CPF, e nesse artigo explicamos como fazer isso!

Além disso, vamos mostrar quem tem direito a receber o abono e qual é sua utilidade.

Fique ligado para saber tudo sobre o seu PIS!

O que é PIS?

O Programa de Integração Social (PIS) é um benefício criado pelo governo federal para ajudar os trabalhadores de baixa renda.

O abono salarial é pago anualmente e tem como objetivo minimizar as diferenças sociais existentes no país.

Quem recebe até dois salários mínimos por mês tem direito ao PIS.

Esse benefício é pago anualmente, e o valor do abono depende da quantidade de meses em que o trabalhador esteve vinculado à empresa no qual trabalhou com carteira assinada.

O PIS é uma contribuição social que financia o abono salarial, e é calculada sobre a folha de pagamento. A alíquota é de 0,65% sobre a remuneração recebida pelo trabalhador.

É através do PIS que o trabalhador terá acesso a receber seguro desemprego e FGTS.

O abono salarial pago pelo PIS é destinado a empregados que trabalham em empresas privadas, já no setor público há o PASEP.

Já no caso de autônomos, o número usado é o NIT (Número de inscrição do trabalhador).

Como consultar o PIS pelo CPF

Normalmente, as pessoas tem de memória o número de CPF, mas raramente o número de PIS.

Mas, não se preocupe, pois é preciso consultá-lo facilmente por meio da internet. Veja abaixo nosso tutorial para consultar o PIS, no portal MEU INSS, pelo App da Caixa Federal, na Carteira de trabalho digital ou pelo portal CNIS.

Consultar PIS pelo CPF no Portal Meu INSS

Basta acessar o portal Meu INSS, clicar na opção “Consulta de Benefícios” e selecionar o PIS. Em seguida, será solicitado o número do CPF e a data de nascimento.

  1. Acesse o portal Meu INSS
  2. Clique em Entrar com gov.br
  3. Digite seu CPF (para criar nova conta ou acessar)
  4. Clique em Continuar
  5. Digite sua senha e Entrar
  6. Ao acessar o portal, clique em Meu INSS, depois na opção “Meu Cadastro”, no canto superior esquerdo;
  7. No final da página de Dados Cadastrais, você terá acesso ao seu número de PIS/NIT

Consultar PIS pelo CPF no APP da Caixa

  1. Baixe o aplicativo Caixa Trabalhador no seu celular (Google Play / App Store);
  2. Abra o app e clique em “Acessar” e informe seu CPF e clique em “Próximo”
  3. Aqui você terá duas opções: cadastrar-se, caso não tenha um usuário, ou acessar.
  4. Caso, não seja cadastrado, Realize seu cadastro preenchendo todos os seus dados e criando uma senha.
  5. Ative sua conta através do e-mail enviado para verificação de conta.
  6. Feche e abra o App para que se atualize.
  7. Clique no menu no canto superior esquerdo da tela e selecione a opção “Meu NIS“. Assim, o PIS é o mesmo número do NIS (Número de Identificação Pessoal).

Consultar o PIS pelo CPF – Carteira de trabalho digital

Também é possível consultar o seu PIS no APP Carteira de trabalho digital , disponível para Android e IOS.

Com o app, você tem acesso a todos os seus documentos do MTE (Ministério do Trabalho) em um só lugar, além de receber alertas sobre o vencimento de certidões.

Para isso, siga as seguintes etapas:

Se você não tem conta

  1. Baixe o App na Google Play ou App Store;
  2. Cadastre-se informando CPF, data de nascimento e uma senha;
  3. Ative a sua conta pelo e-mail enviado para verificação de conta;
  4. Após ativar a sua conta e faça o login

Se você quiser acessar pelo gov.br

  1. Baixe o App na Google Play ou App Store;
  2. Clique em Entrar com gov.br
  3. Digite seu CPF (para criar nova conta ou acessar);
  4. Clique em Continuar;
  5. Digite sua senha e Entrar;
  6. Na tela inicial, clique na Carteira de Trabalho
  7. Clique em ‘contratos’ onde estarão os contratos registrados carteira;
  8. Na empresa em que trabalha, clique no ícone “+” e o número do PIS/PASEP será exibido em conjunto com outros dados.

Observações importantes

Se você trabalhou como autônomo e tinha o número de NIT, ao assinar sua carteira de trabalho, o número que usará como PIS será o NIT.

Da mesma forma, caso tenha o número de PIS e passe em um concurso público, o número que irá usar como PASEP será o mesmo que usava no PIS.

Se você, por algum motivo, começar a prestar trabalho autônomo ou freelance ou ainda abrir o seu negócio, no momento de emitir a GPS para pagamento de sua contribuição ao INSS, irá emitir a guia com o seu número de PIS.

E vice-versa, ou seja, há conexão entre esses números.

Como saber se você tem direito a receber PIS?

No ano de 2020, devido a COVID-19 , o Ministério da Economia anunciou o pagamento das cotas do PIS/PASEP e o saque do FGTS em caráter emergencial.

Porém, para saber se você tem direito ao Abono Salarial PIS/PASEP é preciso observar as regras para ter direitos ao abono, nas quais são:

  • Ter trabalhado pelo menos 30 dias em carteira assinada;
  • Receber até dois salários mínimos por mês.
  • Ter cadastro no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos.
  • Não ter recebido o abono nos últimos dois anos.
  • Ter seus dados informados pelo empregador na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Caso você atenda a todos os requisitos, basta seguir as instruções que ensinamos acima para fazer a consulta.

O que fazer se não tiver o cartão PIS?

Nesse caso, basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal munido de um documento oficial como a carteira de identidade, CPF e a carteira de trabalho.

Como consultar o PIS por telefone?

Para consultar o PIS pelo telefone, FGTS, Benefícios Sociais ou Cartão Social, entre em contato no canal de Atendimento ao CAIXA Cidadão: 0800 726 0207.

Quem tem direito ao PASEP

Quem é do setor público tem direito ao PASEP, não importando se é funcionário público ou servidor público.

Para ter direito a esse benefício, basta cumprir os requisitos estabelecidos pelo Ministério da economia.

O que fazer com o valor recebido de PIS/PASEP?

Como dica de economia , o ideal é que você invista esse valor em algo que te dará um retorno, como por exemplo:

  • Aplicações em fundos de investimento;
  • Caderneta de poupança;
  • Títulos do Tesouro.

O valor pode parecer pouco e você desejar gastar com uma roupa nova ou algo parecido. Lembre-se de usá-lo de forma consciente.

Esperamos que você tenha gostado do post de hoje e que ele possa ter ajudado de alguma forma.

Até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.