empréstimo pessoal

Quando tomar um empréstimo pessoal?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre quando tomar um empréstimo pessoal.

Afinal, contratar um empréstimo requer tempo e pesquisa para encontrar a instituição financeira ideal.

Afiliado jivochat

Neste artigo, vamos falar sobre os principais motivos para contratar um empréstimo pessoal e os cuidados necessários na hora de pedir o empréstimo.

Também vamos mostrar algumas opções de empréstimos para negativado!

Quando você deve pedir um empréstimo

Existem muitos motivos pelos quais você pode precisar de um empréstimo pessoal.

No entanto, é importante em mente que essa é uma solução momentânea e emergencial e não deve se tornar um hábito financeiro.

O empréstimo existe para ajudar as pessoas a darem conta de suas emergências.

Antes de partir para essa solução, porém, é importante analisar quais são os riscos e até mesmo pesquisar sobre as melhores opções, aquelas que trarão menos danos para a suas finanças.

Com o mundo digital ficou muito mais fácil pedir um empréstimo, pois hoje não dependemos somente de bancos.

Mas isso não quer dizer que toda facilidade é boa. Ao contrário, o excesso de ofertas pode até mesmo dificultar a escolha da melhor opção.

Por isso, todo o cuidado é pouco para não cair armadilhas.

O que é empréstimo pessoal?

O empréstimo pessoal é um tipo de financiamento oferecido pelas instituições financeiras para ajudar as pessoas a realizarem seus projetos.

Com o empréstimo, você tem acesso a tomar um valor emprestado para concretizar os seus sonhos.

O banco ou instituição concede um empréstimo para uma pessoa física após analisar seus documentos e possibilidades de crédito.

O empréstimo pessoal é um serviço disponibilizado por algumas instituições financeiras. O banco realiza um empréstimo para uma pessoa física após analisar seus documentos e possibilidade de crédito.

Quando aprovado, é comum que o valor fique disponível dentro de pouco tempo – máximo 3 dias após a aprovação. O dinheiro cai integralmente na conta do cliente nesse prazo e fica disponível para uso conforme desejar.

Em quanto tempo devo pagar o empréstimo?

Depende de diversos fatores.

O empréstimo pessoal é parcelado. As opções são diversas, mas geralmente se limitam a 24 ou 36 meses para quitação.

O valor é descontado diretamente da conta quando o serviço é atrelado ao seu banco ou em caso de pensionistas e aposentados.

É importante saber disso para que você se programe e tenha esse valor disponível em sua conta todos os meses, garantindo o pagamento correto de todas as parcelas conforme acordado em contrato.

Cabe à pessoa analisar qual é a melhor opção para o seu bolso e, claro, quitar a dívida.

Quase sempre é uma boa opção realizar pagamentos antecipados para pagar menos juros.

Como são os juros de um empréstimo?

Não se esqueça também que o valor relacionado ao empréstimo é ajustado com juros. Ou seja: você contrata uma quantia, mas ao final paga mais daquilo que recebeu em conta.

Os juros são cobrados mensalmente, mas as parcelas finais tendem a ter um valor menor. Porém, a cada atraso a dívida com o seu empréstimo se eleva.

Por isso, mantenha sempre em dia os pagamentos do seu empréstimo.

Quais são os principais motivos para contratar um empréstimo pessoal?

Os principais motivos para contratar um empréstimo pessoal são:

– Para pagamento de dívidas;

– Para reformas na residência;

-Para fazer uma viagem;

-Investir em um curso de qualificação;

-Comprar um carro.

Você realmente precisa de empréstimo pessoal?

A principal pergunta que você precisa se fazer antes de procurar por isso é: você realmente precisa de um empréstimo pessoal?

Ele é necessário e urgente?

Você tem como arcar com essas parcelas pelo tempo determinado?

O ponto de partida é sempre esse. O empréstimo pessoal deve ser solicitado para dar conta de um valor alto que você não tem atualmente disponível, mas do qual precisa muito. Algumas ocasiões são:

Educação:

Se você deseja se aprimorar ou mudar de carreira e para isso precisa fazer um investimento inicial, mas não tem como arcar financeiramente, uma ideia é justamente acessar um empréstimo.

Com ele você pode se matricular em uma boa escola, pagar um curso renomado e turbinar o seu currículo para se tornar uma referência no mercado.

Intercâmbio:

Algumas pessoas sonham em fazer um intercâmbio, que também serve para melhorar a carreira ou para vivências pessoais. Qualquer que seja o motivo, sabemos que isso requer um investimento que muitos brasileiros não dispõem.

Nesse sentido, você usar o valor de um empréstimo se torna um investimento. Com ele você pode quitar a dívida inicial do intercâmbio e parcelar os custos cobrados pela agência.

Viagens pessoais:

Há também quem sonhe com uma viagem pessoal para o exterior, aquela trip que envolve muitos países, vivências e experiências extraordinárias sem se preocupar com os gastos.

Novamente entra em jogo o empréstimo pessoal como uma boa solução. Com ele você pode organizar a viagem dos seus sonhos mesmo que não disponha de muito dinheiro no momento e posteriormente pode pagar isso através das parcelas do empréstimo.

Mas, tenha a consciência que, em alguns casos, você pode economizar e, somente depois, fazer essa viagem.

Analise você mesmo o que é melhor, guardar um pouco a cada mês ou fazer um empréstimo e pagar com juros.

Vale a pena pegar um empréstimo para comprar ou alugar um imóvel?

Se você mora no Brasil com certeza sabe que o mercado imobiliário é um dos mais inacessíveis no país. Pouquíssimas são as pessoas que conseguem comprar um imóvel hoje em dia.

A locação está indo pelo mesmo caminho. Apesar de ainda ser uma opção mais viável para a maioria das pessoas, ainda é também um custo alto para muitos brasileiros, especialmente quando há exigência de depósito de garantia.

Um empréstimo pessoal pode, sim, servir para esse momento que demanda tantos gastos. Porém, o cuidado precisa ser dobrado com as contas, já que além das parcelas você ainda terá que arcar com o aluguel ou o financiamento do imóvel.

Uma dica interessante é fazer um empréstimo que lhe garanta alguns meses de folga. Por exemplo, um valor que você possa adiantar 3 ou 4 aluguéis. Durante esse período, reserve dinheiro para arcar com as contas assim que elas acumularem.

Verifique também empréstimos que sejam específicos para a compra do imóvel, em alguns casos, os juros podem ser mais baixos.

Negativado Pode Pegar Empréstimo?

Quem está com o nome negativado no Serasa também pode conseguir empréstimo, embora seja um pouco mais difícil. O importante é comprovar que você possui renda suficiente para arcar com os custos das parcelas.

É importante saber que a proposta varia de acordo com o perfil de cada cliente. O banco ou a empresa financeira com quem você está negociando fará uma análise criteriosa sobre seu perfil financeiro antes de aprovar qualquer solicitação.

Outro detalhe crucial é que os juros para negativados pode ser ainda mais elevado. É preciso colocar na ponta do lápis todos os custos antes de realizar o pedido e verificar se vale a pena adquirir mais essa conta.

Principais cuidados na hora de pedir um empréstimo

Agora que você já sabe tudo sobre empréstimo pessoal é hora de falarmos um pouco sobre os cuidados antes de tomar essa decisão. Assim você não corre risco de contrair uma dívida que vai te atrapalhar ao invés de ajudar.

Planeje-se:

Para começar a pensar em um empréstimo você deve planejar as suas finanças. Para quem está afundado em dívidas talvez essa não seja a melhor solução.

Corte gastos e faça reservas – ainda que pequenas – para conseguir criar um fundo emergencial antes de pedir o crédito. Assim, mesmo que você tenha problemas durante o pagamento pode contar com alguma segurança.

Pesquise:

Não feche com o primeiro banco que lhe oferecer. Um empréstimo, ainda que emergencial, deve ser pensado com cuidado e feito após uma boa pesquisa.

Converse com o seu banco, aquele em que mantém uma conta corrente, pois é comum que eles valorizem os clientes com as melhores ofertas. Porém, veja ofertas de outras instituições também antes de bater o martelo.

Leia o contrato e conheça as condições:

Um empréstimo só pode ser fechado após a assinatura de um contrato. Nem pense em fazer isso sem ler cada cláusula e tirar todas as suas dúvidas. Entenda detalhadamente como funcionam os pagamentos das parcelas e defina o melhor dia para isso, aquele em que você costuma ter dinheiro na conta.

Verifique taxas extras:

Alguns bancos e financeiras podem adicionar taxas extras ao pagamento das parcelas. Elas geralmente são relacionadas ao seguro das parcelas ou taxas administrativas. Além de conhecer esses valores você pode questionar se é possível retirar esse acréscimo de sua cobrança.

Como ser aprovado em um empréstimo

Ser aprovado em um empréstimo pessoal não é assim tão simples. Como falamos anteriormente, as empresas fazem sempre uma análise criteriosa para definir se o cliente tem ou não esse crédito disponível. Veja algumas coisas que você pode fazer para facilitar a aprovação.

Atualização e dados:

Atualize os seus dados com o banco. É importante atualizar sua renda mensal, caso ela tenha sofrido qualquer alteração, e as informações pessoais como endereço e filiação.

Limpe o seu nome:

Embora seja possível conseguir um empréstimo pessoal negativado o processo se torna muito mais fácil se você estiver com o nome limpo na praça. Por isso, resolva qualquer pendência antes de fazer o pedido de crédito.

Pague as suas contas em dia:

Para conseguir um empréstimo é preciso ter um bom score. O score, por sua vez, se altera conforme você paga as suas contas em dia ou em atraso, ficando mais positivo ou negativo. Por isso, coloque as contas no débito automático e efetue o pagamento nas datas adequadas.

Comprove renda:

tenha comprovantes de sua renda em mãos quando fizer o pedido. Isso pode ser feito com holerites, extratos ou o seu comprovante de imposto de renda. Notas fiscais também ajudam para quem é PJ.

Cuidado com o valor solicitado

Não podemos deixar de falar do quanto é fundamental ter consciência com relação ao valor adequado para solicitar um empréstimo. Se você faz um pedido muito elevado com relação a sua renda, ele certamente é negado.

Idealmente, as parcelas do seu empréstimo não podem comprometer mais do que 30% de sua renda mensal bruta. Tenha isso em mente na hora de fazer o pedido para aumentar as chances de aprovação.

Vale a pena pedir um empréstimo?

Vale a pena pedir um empréstimo desde que isso seja pensado com cautela e não comprometa demais as suas finanças.

Além disso, considere essa uma opção emergencial e use somente quando for estritamente necessária.

Ademais, o empréstimo pessoal pode ajudar muito nos momentos de necessidade.

Por isso é importante manter uma boa reputação financeira e cuidar para que o seu score permaneça alto, o que será fundamental para ter qualquer avaliação aprovada pelo banco.

Na BxBlue você pode obter um empréstimo pessoal de forma bem simplificada e rápida.

A empresa auxilia em todo o processo de organização e documentos e solicitação do empréstimo aumentando potencialmente as chances de aprovação.

Além disso, a BxBlue não cobra taxas adicionais para liberação do valor, o que, inclusive, é proibido por lei. Acesse o site e faça a sua solicitação de empréstimo pessoal agora mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.